domingo, 31 de janeiro de 2010

Blog dos Quadrinhos- Maratona do Dia do Quadrinho Nacional 2010


Pela terceira vez o jornalista Paulo Ramos está promovendo a Maratona do Dia do Quadrinho Nacional no dia 30 de Janeiro. Calma, guardem suas sapatilhas, roupas leves e água mineral não se trata de uma corrida. A maratona é uma iniciativa que visa divulgar a produção de quadrinhos virtuais dando mais visibilidade para leitores. Na maratona, várias páginas virtuais são postadas em sequencia apresentando artes e artistas de quadrinhos nacionais. Esta é a primeira vez que participo da Maratona estou na postagem de número 146. Soube da iniciativa há pouco tempo e enviei um e-mail aos 42 minutos do segundo tempo apresentando o meu Blog e o da República dos Quadrinhos. A ilustração que escolhi para representar o meu Blog foi a do Chicoringa, achei que tinha tudo a ver (e além do mais gosto muito desta ilustração).

Uai Sô Serious?

Pretendo participar todo ano das edições deste evento. Agradeço ao Paulo Ramos pela atenção, divulgação do meu trabalho e por fazer este trabalho maravilhoso como jornalista de quadrinhos com iniciativas como esta. Todos podem participar da Maratona do Dia dia Quadrinho Nacional. Basta prestar atenção quando estiver se aproximando do Dia do Quadrinho Nacional, e proceder da seguinte forma:

-Envie um e-mail para blogdosquadrinhos@gmail.com com o link do seu site/blog
-Coloque seu nome completo ou artístico, idade e onde mora (cidade e estado)
-Escreva uma frase curta que resuma o trabalho em quadrinhos feito em sua página
-Anexe um de seus mais recentes trabalhos, em alta resolução, mostrados na página

Quem já participou antes pode participar das outras edições, só não deixem para última hora porque se passar do dia 30 sua página vai ficar fora da lista ( lembrem-se que as vezes os e-mails se perdem pelo cyberespaço e pensem no trabalho do Paulo Ramos para editar tudo, facilitem a vida dele) e não se esqueçam de divulgar este evento para o maior número de autores possível. Neste ano houve um recorde de páginas (181 trabalhos inscritos) o que mostra que tem bastante autor brasileiro produzindo HQ. Vamos ver se conseguimos mobilizar mais autores e bater um novo recorde no ano que vem. Todas as postagens estão disponíveis no Blog dos Quadrinhos, do jornalista Paulo Ramos, neste endereço eletrônico: http://blogdosquadrinhos.blog.uol.com.br/. As postagens estão disponíveis na categoria dicas no canto esquerdo do blog, se te interessar procure pelas postagens das duas maratonas anteriores.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Proclamação da República


Hoje, dia 29 de Janeiro de 2010, em Natal-RN, às 9h da manhã, foi oficializada a fundação da Associação Brasileira de Arte Sequencial República dos Quadrinhos. Além das formalidades deste dia, apresentamos os membros da República dos Quadrinhos e os projetos que estamos desenvolvendo até o ano de 2012 para um público pequeno mas muito importante que esteve presente nesta data histórica.





Alexandre Melo, contando a famosa piada do Super-Homem, Mulher Maravilha e o Homem Invisível




Letras sumiram na tela de apresentação. Os risos não são contidos... Joseniz culpa o computador até a morte! Mais risos são gerados! :)






29 de Janeiro, o dia da proclamação da República dos Quadrinhos. O dia em que um projeto deixou o mundo onírico para se tornar realidade. Posso adiantar que vai vir muita coisa boa pela frente. Bem é isso, hora de trabalhar temos exposições, publicações e outros projetos para encaminhar em 2010 e eles não serão realizados sem ações. O que acontecerá no futuro? Mistério...

Na foto em sentido horário: Nivanio, Milena, Guerra, Joseniz (com efeito do filme Espíritos: A Morte está ao seu Lado), Chris, Wolclenes, Ronin, Beto e Vinicius. Juliana está batendo a foto, Wanderline se recuperando de uma cirurgia e Wagner expondo na Fundação José Augusto. Este é o Núcleo da RQ em Natal e todos são pessoas e artistas maravilhosos.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Prêmio Ângelo Agostini 2010


O Prêmio Ângelo Agostini foi criado e organizado pela AQC-ESP (Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo) e teve a sua primeira edição em 1984 ( quase um ano depois de eu ter nascido). O nome é uma homenagem a Ângelo Agostini, desenhista italiano que firmou carreira no Brasil e criador da primeira história em quadrinhos brasileira "As aventura de Nhô Quim" no dia 30 de Janeiro de 1869. O homem também inspirou a criação do Dia do Quadrinho Nacional (comemorado justamente no dia 30 de Janeiro). A premiação tem como objetivo homenagear os mestres do quadrinho nacional e destacar os artistas e obras que se destacaram em determinado ano. S votação é feita através de cédulas disponibilizadas pela AQC-ESP (Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo) para que quadrinhitas, estudiosos e leitores de quadrinhos votem nos indicados. Para facilitar a escolha a AQC-SP disponibiliza também uma lista para facilitar na escolha dos indicados (mesmo títulos que não foram apresentados na lista podem ser votados). Depois da apuração dos votos, os vencedores são divulgados e é realizada uma festa com exposição, entrega de prêmios e outras coisas para homenagear os quadrinhista que se destacaram em determinado ano.


Durante a primeira edição do evento em 1984 Jayme Cortez, um dos maiores quadrinhistas do Brasil que produziu bastante Arte Sequencial e gráfica esteve presente sendo um dos primeiros a ganhar o título de Mestre do Quadrinho Nacional. Quando ele morreu em 1987 foi criado o Troféu Jayme Cortez como reconhecimento para os que contribuiram através de suas ações e com o seu trabalho no quadrinho nacional a cada edição do evento.

Jayme Cortez

Para conhecer melhor a AQC-ESP (Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo) visitem este endereço eletrônico: http://aqcsp.blogspot.com/. Esta é a primeira vez que divulgo os premiados em meu infame blog e espero manter este hábito nos próximos anos. Abaixo apresento a lista com os vencedores da 26° edição do Prêmio Ângelo Agostini:

Melhor Desenhista:

-Adauto Silva

Melhor Roteirista:

-Laudo Ferreira Junior

Melhor Cartunista:

-Silvanildo Sill

Melhor Lançamento:

-Roko-Loko Hey Ho Let's go! (editora Rock Brigade)

Melhor Fanzine:

-QI (Edgard Guimarães)

Troféu Jayme Cortez:

-José Salles (Editora Júpiter II)

Mestres do Quadrinho Nacional:

Franco de Rosa, Henrique Magalhães e Rodval Mathias

Tortuosas Linhas Retas- Tiras Elástikas


Hoje teve início a publicação das Tiras Elástikas no Tortuosas Linhas Retas. Já falei sobre o projeto das Tiras Elástikas e de seu Ex-Tranho Poeta e suas Tortuosas Linhas Retas neste infame Blog. Como disse anteriormente, tenho dedicado uma atenção especial para este projeto e estou feliz por finalmente ele ter Begins! A parceria deste Autor em Crise com o Ex-Tranho Autor está sendo muito agradável e espero que as Tiras Elástikas se estiquem por um bom tempo. Aguardem futuramente a publicação das tiras iniciais em meu infame Blog, novas tiras deste universo no Tortuosa Linhas Retas e um Meio-que-em-off falando de como foi o processo de criação do visual dos personagens. Finalmente começou! aguardem novidades destes estranhos personagens do submundo que frenquentam um bar estranho chamado The Bagus.


Abaixo os links para as 8 postagens iniciais com as Tiras Elástikas de apresentação no Tortuosas Linhas Retas:

Eis o começo... Tiras Elástikas... : http://kaoskastrowiski.blogspot.com/2010/01/eis-o-comecotiras-elastikas.html.

Persona non grata: http://kaoskastrowiski.blogspot.com/2010/01/persona-non-grata.html.

Mais uma... : http://kaoskastrowiski.blogspot.com/2010/01/mais-uma.html.

Outra persona: http://kaoskastrowiski.blogspot.com/2010/01/outra-persona.html.

Uma figura... : http://kaoskastrowiski.blogspot.com/2010/01/uma-figura.html.

Uma figurinha carimbada: http://kaoskastrowiski.blogspot.com/2010/01/uma-figurinha-carimbada.html.

O Pinguço: http://kaoskastrowiski.blogspot.com/2010/01/o-pingunco.html.

Miss Futilidade: http://kaoskastrowiski.blogspot.com/2010/01/miss-futilidade.html.

Subversos #6- Artistas selecionados


A Revista Subversos é uma revista de histórias em quadrinhos dedicada ao cotidiano urbano sob o ponto de vista de diversos artistas diferentes editada por Akira Sanoki, Alexandre Manoel e Igor Shin. A Revista conta com o apoio do programa VAI (Valorização de Iniciativas, Culturais) e outras parcerias como a Devir. A revista tem distribuição gratuita em diversos pontos em São Paulo, para quem não mora por lá é possível adquirir a revista através do site da editora Devir neste endereço eletrônico: http://www.devir.net/jobstore/index.php?comando=detalhe&codigo=4753%29 e através da Liga HQ neste endereço eletrônico: http://www.ligahq.com.br/zero.php?tipo=1. Qualquer pessoa pode colobarar com a revista basta enviar suas Ilustrações, Tiras ou Histórias em Quadrinhos com no máximo 10 páginas para seleção neste e-mail: revistasubversos@gmail.com e aguardar o resultado da seleção. Você pode enviar sua história feita individualmente ou em parceria em qualquer estilo desde que seja dentro da temática cotidiano urbano. A seleção da Subversos 6 foi um pouco diferente porque ela foi uma edição especial destacando a presença feminina nos quadrinhos por isso, a autoria é nescessariamente feminina(participação masculina somente em parceria). Foram selecionados para esta edição 32 colaboradores 23 mulheres e 9 homens (aceitos por terem feito o trabalho em parceria). Abaixo a lista com os artistas selecionados:

-Gicelle Archanjo (São Paulo-SP), Ilustração.
-Danielle Dantas (Teresina-PI), Ilustração.
-Karina Nishioka e Akira Sanoki (ambos de São Paulo-SP), Madame X.
-Fernanda Oliver e Daniel Esteves (Embu das Artes-SP e São Paulo-SP respectivamente), Cobertor Azul.
-Pri Perca (São Paulo-SP), Marinheiro de Primeira viagem.
-Naara Nascimento (Salvador-BA), Pavorosa.
-Milena Azevedo e Wendel Cavalcanti (ambos de Natal-RN), O teste.
-Fran Briggs (Rio de Janeiro-RJ), Kiko e Gabi simulando a vida...
-Me Morte e Rafael Pereira (Pouso Alegre-MG e Rio de Janeiro-RJ respectivamente), Cilada.
-Bruna Welter e Ricardo Chagas (ambos de São Paulo-SP), Prenúncio.
-Lorena Kaz (Rio de Janeiro-RJ), Tão perto, tão longe.
-Elaine Bozza e Vini (ambos de Valinho-SP), Pra sempre vou te amar...
-Xuvs e Igor Shin (São Paulo-SP e Naha-JAP respectivamente), Ilustração.
-Adriana Melo (São Paulo-SP), Ilustração.
-Rose Araujo (Rio de Janeiro-RJ), Iscola... o crime.
-Nilce Takahashi (São Paulo-SP), MIMO.
-Natalia Medrano e Alejandro Farias (ambos de Buenos Aires-ARG), El tiempo perdido.
-Camila Mizutani e Renata Ribak (ambas de São Paulo-SP), Respiro.
-Cristina Carnelós e Lincoln Carvalho (ambos de São Paulo-SP), Assalto.
-Simone Yoshida (Londrina-PR), Azeitona.
-Kari (São Paulo-SP), Te quiero Mucho.
-Pryscila Vieira (Curitiba-PR), Amely: Uma mulher de verdade.

Pois é, estou bastante animado pela minha amiga/artista Milena Azevedo fazer a sua primeira publicação em quadrinhos impressa e pelos amigos Wendell e Lokas terem sido selecionados para esta edição. O amigo/artista Wandeline participou da Subversos #3. Cotidiano é uma temática que trabalho muito em minhas histórias, futuramente vou enviar histórias curtas para Subversos e ver se consigo ser selecionado para publicação. Nem sei o que falar da revista... Uma iniciativa maravilhosa que deve ser amplamente divulgada? Acho que o melhor meio para que a conheçam melhor a idéia do que é a revista é visitando o seu Blog neste endereço eletrônico: http://revistasubversos.blogspot.com/. No Blog você pode obter informações mais detalhadas sobre a revista e fazer dowloads para leitura das 3 primeiras edições. A edição especial feminina Subversos#6 tem previsão de lançamento para o dia 30 de Janeiro. E que venham as Subversos 7, 8, 9...

Tirando Uma! Carpe Diem


Esta é a minha vigésima segunda postagem no Tirando Uma! Nela, a terceira tira esporádica da série Carpe Diem. Sempre penso duas vezes antes de postar uma tira de Carpe Diem por lá, porque ela não é exatamente sobre humor e crítica ela é apenas imprevisível como a vida. Mas se pretendo postar outras tiras desta série por lá, tinha que postar a primeira e essencial tira. Esta tira é a base para toda a série Carpe Diem que está num ritmo bem adiantado e caminhando para uma nova fase. Para adaptar a tira ao Tirando Uma!, dividi ela em duas partes. A segunda parte posto na semana que vem.

Link direto para postagem: http://tiranduma.blogspot.com/2010/01/carpe-diem.html.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Lost- Cartaz Explicativo


Este cartaz desenvolvido pela emissora AXN com a proximidade da exibição da última temporada de Lost explica muita coisa sobre a série não acham? Eu olho pra ele e vejo uma espécie de recaptulação de todas as temporadas de uma maneira mapeada. Enfim, não vejo a hora pra assistir a última temporada de Lost.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Existe vida na minha cabeça, ou seriam meus pensamentos e sentimentos?











Existe vida na minha cabeça, ou seriam meus pensamentos e sentimentos?- Apresentação


Esta é uma história em quadrinhos que foi muito difícil de realizar. Foi feita em 3 dias. No primeiro dia foi elaborado o roteiro juntamente com Recy Freire e foram tiradas as fotos com os 3 figurinos diferentes. Os dois dias seguintes foram para elaborar a arte da história. Agradeço e dedico esta história a Recy Freire pelas geniais idéias, intervenções e disponibilidade para contar a história do cotidiano desta jovem perdida em seus pensamentos e sentimentos. A leitura pode parecer confusa, isto é intencional a cabeça da personagem é confusa, procurem um sentido de leitura(da esquerda para direita, de baixo para cima...) que faça sentido para os seus sentidos.

Existe vida na minha cabeça, ou seriam meus pensamentos e sentimentos?

Roteiro: Joseniz Guimarães e Recy Freire

Fotografias e Arte: Joseniz Guimarães de Moura

Battle Royale- Survival Program


Este é um filme que gostei muito de ter assistido. Revi pelo menos umas 5 vezes. O melhor filme de terror japonês que assisti este ano (estamos em Janeiro, mas já considero este filme o melhor). A história é baseada em um livro de Koushun Takami que ganhou uma adaptação em mangá, lançada aqui no Brasil pela Conrad que eu ainda não li (motivo: a incerteza se vão publicar os 3 últimos volumes, se publicarem compro as 12 primeiras edições com prazer) e este filme em 2000. A história(o roteiro é o melhor do filme) é sobre uma turma de 42 estudantes que são sequestrados, levados para uma ilha(não, não é a ilha de Lost) e obrigados a matar uns aos outros pelo governo japonês em um programa chamado Battle Royale.

video
Battle Royale- Trailer

Os meios que o governo utiliza para obrigar os estudantes a se matar é bem convincente: Coleiras explosivas! Elas explodem se tentar tirar, explodem se você for desobediente, se você estiver no lugar errado na hora errada e explodem se você não matar seus 41 coleguinhas de sala no tempo estimado de 3 dias. Acredito que a melhor atuação deste filme é de Takeshi Kitano, que interpreta o professor da sétima série Kitano e instrutor da mesma turma na nova edição do Battle Royale. Se chegou a ver o trailer, já dá pra ter idéia do que ele faz no filme. No filme a atriz Chiaki Kuriyama (a Gogo Yubari de Kill Bill) também faz uma bela atuação, apesar de curta. Em geral a atuação dos atores neste filme é assim, mesmo que o papel tenha pouca duração os atores conseguem apresentar bem quem são os personagens (que também apresentam nuances) de modo crível. A narrativa do filme é ótima, achei genial o uso de pequenos flashbacks para mostrar o passado dos personagens, a tela escura para mostrar o óbito dos personagens com uma contagem regressiva, e as sequencias de sonhos no final do filme. Um exemplo de como o filme é bem conduzido e as interpretações bem executadas é a cena que mostra a lei Battle Royale como um Reality Show. Um grupo de repórteres vai entrevistar a vencedora do última edição e quando se aproximam com as perguntas, ela sorri. O sorriso diz tudo, não é preciso mais nada. Agora pare e pense: Quantos filmes que abordam a temática Reality Shows conseguem apresentar uma cena tão impactante quanto esta? Esta cena com certeza é melhor que muitos deles.

A vencedora do último Battle Royale :)

Você me cortou?

Como disse antes o melhor do filme é o roteiro. Ele além de apresentar uma boa trama de filme de terror, consegue apresentar uma bela crítica política e social (não é todo filme de terror que tem isso bem explícito) apresenta muitas nuances na história através de seus personagens e situações que acontecem no filme. Os personagens são bem construídos mesmo os que aparentemente são considerados clichês se revelam bem interessantes. As mortes são imprevisíveis e inesperadas (cada aluno recebe uma arma que varia de uma tampa de panela até uma metralhadora) e na verdade, o grande foco no filme nem são as mortes em si o ponto mais forte está no discurso e a mensagem sobre amizade. Claro que no modo como o filme é apresentado ficamos curiosos para saber quem vive e quem morre nesta história (outra prova de como os personagens são bem caracterizados, se fosse um sexta-feira 13 da vida eu mesmo fazia questão de matar aqueles adolescentes sarados e desmiolados). A fotografia do filme é muito boa e as músicas foram bem escolhidas. Soube que fizeram uma sequencia deste filme, assim que tiver uma oportunidade de assistir escrevo minhas impressões.

Battle Royale- Survival Program
Ano: 2000
Direção: Kinji Fukasaku


No Meio do Caminho tinha um Shopping...










No Meio do Caminho tinha um Shopping...- Apresentação


Tenho muito orgulho em apresentar esta história para vocês. Ela é baseada em várias lendas urbanas no estado do RN. A principal da lendas da história é sobre um menino demônio que iria nascer em um shopping recentemente criado por aqui. Segundo dizem, com o nascimento do menino o shopping iria cair e muita gente iria morrer. Todas as fotos utilizadas para criar esta história em quadrinhos foram tiradas neste shopping. Agradeço a minha irmã Heloizy por tirar as fotos seguindo os storyboards, ao amigo/artista Alucilde Neto pela participação em mais um trabalho e a minha amiga/artista Recy Freire pelas divertidas intervenções e acompanhamento do trabalho. Esta HQ mescla várias técnicas e foi cuidadosamente elaborada com bastante pesquisa não apenas sobre lendas urbanas, mas também sobre a linguagem da internet e elementos culturais do estado, entre outras temáticas. Estou feliz pelo resultado final, e deixo aqui esta história para compartilhar esta história com todos vocês antes que o mundo acabe...

No Meio do Caminho tinha um Shopping...

Roteiro: Joseniz Guimarães de Moura com intervenções de Recy Michelle da Cruz Freire

Arte: Joseniz Guimarães de Moura

Fotografias: Heloizy Dayanna com uma pequena ajuda dos 3 modelos

Modelos:Alucilde Neto, Joseniz Guimarães e Recy Freire


Esta história é apenas uma ficção os personagens e situações apresentados se tiverem alguma relação com a realidade é pura coincidência... ISSO NÃO EC-XIS-TE!

Lost- O Fim está próximo e este é o sinal!


E a cada dia que passa Lost está próximo de seu final, estou contando os dias para chegada da última temporada. Já decifrei um dos enigmas desta imagem: Todos estão olhando para o Locke porque ele sabe como termina esta história. Esta fotografia remontando a última Ceia ficou muito foda. Locke Jesus e seus 13 apóstolos... Peraí! 13? Se o Locke corresponde a Jesus quem é o Judas? Ben Linus é que não pode ser de jeito nenhum! Ele é o cara mais confiável da ilha.

Eu não disse que Joseniz falaria de Lost? E ele falará ainda mais, continuem confiando em mim

domingo, 24 de janeiro de 2010

A Encenação Poética da Vida em uma Sequência de Quadros


Não havia dito que as coisas andariam rápido? Aqui estou eu apresentando o nome do projeto que estou desenvolvendo juntamente com Recy: "A Encenação Poética da Vida em Uma Sequência de Quadros". Nome legal não acham? Consegue encaixar exatamente tudo o que iremos trabalhar durante o ano. Além do nome o projeto já tem uma cenografia, metodologia e objetivos definidos. Também uma primeira proposta de apresentação definida. Estou conhecendo novas pessoas que podem integrar este projeto e já estamos ensaiando as cenas. Quando afirmei que esta parceria teria um ritmo intensamente rápido não estava brincando. Aos poucos abro novas cortinas e apresento novidades. Por hoje, meu foco foi apenas apresentar o nome do projeto para os leitores deste infame Blog. Encerro esta apresentação com um questionamento para vocês: Que relação os quadros de uma página de quadrinhos e uma cena de um teatro podem ter?

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

República dos Quadrinhos. Resultado do Prêmio Moacy Cirne


Esta é a minha quarta postagem na República dos Quadrinhos. Nela, apresento o resultado do tão aguardado (seis meses de espera) Prêmio Moacy Cirne. Esta é uma informação importantíssima e precisava ser divulgada, aproveitando o embalo falei um pouquinho sobre o grande mestre Moacy Cirne.

Link direto para postagem: http://rquadrinhos.blogspot.com/2010/01/resultado-do-premio-moacy-cirne.html.

Prêmio Moacy Cirne- Resultado


Enfim saiu o resultado do Prêmio Moacy Cirne! Foi uma longa espera de seis meses... O resultado deste concurso já estava virando lenda urbana e só acreditei que o resultado saiu quando eu vi. Quase toda a semana do final de dezembro ao início de Janeiro eu escutava que tinha saído o resultado ia olhar e nada dele na internet. Mas desta vez foi diferente e finalmente durante esta semana o resultado saiu. Foi muito difícil encontar o link para o resultado e felizmente o quadrinhista Marcos Guerra (também conhecido como Jesus) fez uma intervenção Deus Ex- Máquina e o encontrou nas profundezas da internet. Como podem ter percebido, não cheguei a ganhar nada, mas enfim vou poder publicar as histórias que inscrevi neste concurso (e que me diverti muito fazendo) neste Blog infame e no blog da República dos Quadrinhos. Desejo meus parabéns aos vencedores e que o Moacy Cirne tenha vida longa (tanto o autor quanto o prêmio). Considero esta uma das melhores iniciativas do ano passado porque incentivou a produção de quadrinhos no RN tanto de artistas que já estão na ativa há bastante tempo como jovens que estão iniciando agora.


Claro que teve seus problemas, como por exemplo: além da longa espera, nada foi mencionado sobre as Menções Honrosas (segundo o edital quando isto ocorre, a comissão não achou pertinente. Se foi isso então tá explicado), boa parte dos artistas não sabe nem sequer se seu trabalho chegou a ser avaliado ou foi eliminado logo de cara porque isto não foi divulgado da maneira como deveria ser. Quando as coisas são bem explicadas, organizadas e divulgadas não há muita margem para reclamação. Adorei a iniciativa e por isto mesmo, não quero que os problemas se repitam. Acredito que a melhor maneira de fazer com que iniciativa melhore não é dar tapas nas costas e elogiar tudo cegamente, é indicar os problemas para que sejam criadas soluções para os mesmos (afinal ninguém trabalha problemas, trabalha soluções). Quanto aos artistas, não fiquem acomodados como certas pessoas de teatro que conheço que passam o ano inteiro sem fazer nada e só aparecem no final do ano para tentar participar do Auto de Natal. Produzam! Vocês tem potencial para fazer muito mais se não ficarem dependentes e acomodados. Eu vou continuar participando deste concurso enquanto puder, mas não vou deixar de produzir meus trabalhos individuais e em parceria (como é maravilhoso trabalhar com as pessoas certas). Abaixo deixo a lista com as categorias do concurso e os respectivos vencedores em cada uma delas:

Histórico

O Julgamento, por Luiz Elson Dantas
O RN na rota de Cabral, por Luiz Antônio Dias Borges

Infantil

A Jornada de Júlia, por Gabriel Andrade da Silva Júnior
Molecada, por Jorge Wagner Bezerra de Freitas

Aventura, Ficção e Humor

Quixaba, por João Antônio de Medeiros Neto
Saudades e lembranças de um sertão de nunca mais, por Luiz Elson Dantas

Tema Livre

Remorsos, por Carlos Alberto de Oliveira
O lápis, o traço, o pincel e a cor, por Laércio Eugenio Cavalcanti

Jovens Artistas

Lição de Vida, por Gilyan Medeiros
Emoção em alta velocidade, por Kelton Flauber Ribeiro da Costa

Fonte: Diário Oficial do Rio Grande do Norte

Além da premiação em dinheiro, os artistas terão suas histórias publicadas e uma exposição com a mostra de seus trabalhos. O ano passado não foi um ano legal para os artistas natalenses de qualquer área. Tiveram vários problemas em todas as àreas que surgiram da política cultural desta província que eu chamo de: "Política 4F: Falta de interesse em fazer as coisas acontecerem, falta de organização, falta de informação e falta de respeito com os artistas locais". Os 4F estiveram em todas as áreas e, felizmente ninguém ficou passivo e aceitou tudo numa boa. Espero que os problemas não se repitam este ano e que as coisas melhorem no cenário artístico cultural natalense. E que os artistas continuem com atitude, determinação e levando seu trabalho a sério porque se deixarem, os donos das capitanias hereditárias irão continuar permanecendo nos mesmos erros ou fazendo coisa pior nesta província. E a tendência sempre é piorar!

Tirando Uma! Autor em Crise- Além de Sem Noção


Esta é a minha vigésima primeira postagem no Tirando Uma! Nela apresento a quarta tira da série Autor em Crise. Ela é a sequência da primeira tira da variação do Autor em Crise: Além de Sem Noção e mostra algumas coisas hipotéticas referentes à primeira tira.

Link direto para postagem: http://tiranduma.blogspot.com/2010/01/autor-em-crise-alem-de-sem-nocao.html.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...