sábado, 14 de junho de 2014

In Bloom, Dublin pelo olhar de James Joyce


Hoje é mais um dia chuvoso, está ocorrendo uma greve de ônibus, as loucuras da Copa do Mundo estão rolando e, depois de passar a manhã e parte da tarde trabalhando, consegui uma carona até o shopping. Aos 42 do segundo tempo fui conferir de perto a exposição In Bloom, Dublin pelo olhar de James Joyce na Livraria Saraiva aqui em Natal. A exposição faz parte da programação do Bloomsday deste ano e apresenta o ponto de vista da jornalista e fotógrafa Lidi Lima-Conlon onde ela apresenta os lugares citados no livro Ulisses de James Joyce além de apresentar um ensaio fotográfico feito em Dublin com a personificação oficial do autor. A exposição aconteceu na parte superior da livraria onde havia uma pequena sala prestes a fechar (não disse que tinha chegado já no finalzinho?). Eu pensei que não ia conseguir ver a exposição por toda uma série de fatores mas aqui estou eu na exposição com apenas uma câmera de celular para registrar este momento (então não reclamem da qualidade das fotos é pra ser feliz!). Do lado direito da sala estava a exposição com a personificação oficial de James Joyce. As fotografias apresentavam o sócia de James Joyce em diversos pontos da cidade, além de mostrar ele fazendo diversas ações como tocar piano ou alimentar os pombos e tudo isso acompanhado de textos com curiosidades sobre o autor irlandês. Tinham curiosidades interessantes como por exemplo, o livro Ulysses ter sido censurado nos Estados Unidos e no Reino Unido por descrever a fisiologia humana. Ou então a Farmácia Sweeny onde Leopold Bloom compra o sabonete de limão que irá se tornar uma epécie de talismã na história (e até hoje é possível comprar o sabonete na Sweeny). Foi um pequeno passeio visual mergulhando dentro da história do autor intimamente acompanhado de sua obra Ulisses.

consegui chegar na exposição! Como agora é modinha, olha só o meu selfie!

 
 Do lado direito da sala do andar superior da livraria estavam expostas as fotografias do sósia de James Joyce em Dublin

 








 Hummm Ulysses! Ótimo livro!



 








 Toca Raul James Joyce!



 










 A casa N°7 citada em Ulysses e que faz parte da história de Leopold e Molly



Vou dizer o que está escrito no papel: "Não consigo ler nada!"

James Joyce, escritor ostentação!

A Farmácia Sweny

James Joyce fazendo merchandising do famoso sabão de limão presente em seu livro

Ver estas fotografias monocromáticas é como ser transportado para Dublin e encontrar o James Joyce dizendo um olá!

Do lado esquerdo da sala se encontrava a exposição de fotografias que apresentava os lugares descritos no livro Ulisses. Neles estão entre outros lugares a Torre Martello, a Estátua de Thomas Moore e o Cemitério de Glasuenh, primeiro cemitério para católicos irlandeses, onde ocorre a procissão do funeral de Dignan. Mas a fotografia que me mais chamou atenção foi a da ponte. Passei boa parte de meu tempo na exposição olhando pra ela.

 Do lado esquerdo da sala do andar superior da livraria estavam expostas as fotografias dos lugares citados no livro Ulisses




















E foi perto desta estátua que Leopold Bloom foi tirar água do joelho...

Não conhecia o trabalho da Lidi Lima-Conlon e esta exposição foi que me apresentou ao trabalho da jornalista e fotógrafa. Foi legal saber que ela é daqui de Natal e já está morando faz um bom tempo em Dublin (talvez por isso a exposição passe esta grande idéia de familiaridade). Ela fez um ótimo trabalho e o que vi foi mais uma transposição do que uma exposição. Foi um trabalho extremamente atencioso que mergulha profundamente no universo de James Joyce. Encontrei este meio-que-em-off do processo da exposição que confirma o que eu imaginava: Foi um trabalho divertido, alegre com uma grande comprometimento e dedicação de uma grande profissional.

video
Making of de in Dublin por Lidi Lima-Conlon

Para conhecer um pouco mais sobre o trabalho da fotógrafa/jornalista Lidi Lima-Conlon, visitem este endereço eletrônico: http://www.limaconlon.com/. Foi o único evento que consegui ir das comemorações do Bloomsday aqui em Natal e foi surpreendentemente agradável! Vou me organizar para conferir o Bloomsday de perto na Irlanda nos próximos anos. E pra não perder o costume: U2! Até o próximo Bloomsday! (onde provavelmente vai ter U2 de novo!)

video
U2- Sunday Bloody Sunday

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...