terça-feira, 30 de julho de 2013

Café Literário Quadrinhos

 

Hoje estive presente na 5° edição do Café Literário Quadrinhos na Livraria Nobel! Eu estava na dúvida se iria ou não para o evento de hoje, devido a uma gripe/virose/seiláoqueéisso que peguei nesta semana, mas acabei optando por ir ao evento. Assim que cheguei, o evento já tinha começado na Nobel (detesto ficar doente). Houve uma pequena alteração no espaço do evento em relação à última edição. Desta vez, o Café Literário Quadrinhos aconteceu pela 1° vez dentro do Quadrinhos Estudio de Desenho. O mediador do 5° Café Literário Quadrinhos foi o amigo/artista José Veríssimo e os convidados desta noite foram Rodolfo Carvalho, Emanoel Amaral e Carlos Alberto (aka Galego).

Sejam bem-vindos ao 5° Café Literário Quadrinhos!

O evento, como sempre, mantém um público bastante participativo!

José Veríssimo é o mediador que irá conduzir o bate-papo de hoje!

Os amigos/artistas convidados: Rodolfo Carvalho, Emanoel Amaral e Carlos Alberto (aka Galego)

O bate-papo foi bastante agradável e cada um dos autores apresentou um pouco sobre o seu trabalho e o ponto de vista sobre diversos temas. Um dos pontos importantes que gostaria de destacar foi a fala de Emanoel Amaral sobre a produção de quadrinhos no estado e a necessidade de que se preencha a lacuna sobre a cultura brasileira e nordestina (que tem um grande potencial para boas histórias). Carlos Alberto parabenizou aos autores que vivem apenas de sua produção para o exterior e disse que hoje se sente ótimo com a produção nacional que anda realizado pois tem mais tempo para respirar (durante o evento ele explicou bem o contexto de sua experiência com trabalhos para o exterior que não foi muito boa). Rodolfo contextualizou bem sua produção de quadrinhos através da webcomic K-Ótica, sua vida acadêmica, seu trabalho com educação e músico. Também houve uma boa conversa sobre censura e metodologia na produção de quadrinhos. José Veríssimo conduziu bem a mesa fazendo perguntas bem pontuais sobre o trabalho dos autores permitindo que tanto os autores quanto o público falassem à vontade terminando o evento dentro do tempo estabelecido (a conversa dos cafés e tão boa que se deixar todos ficam horas e horas por lá sem sentir o tempo passar).

Veríssimo fazendo alguma pergunta cabulosa aos autores :)

video
Emanoel fala sobre a produção de quadrinhos regionais


video
Rodolfo Carvalho fala de seu interesse em trabalhar quadrinhos nas escolas

Marcos Guerra desenhando durante o evento

video
Emanoel fala um pouco de sua experiência de ensino da linguagem dos quadrinhos em escolas

Publico atento (continuem lendo para descobrir o desenho que Marcos Guerra fez)

video
Carlos Alberto (aka Galego) falando de seu processo de trabalho com Arte-Final



Durante a etapa final do bate-papo foi anunciada uma nova publicação pelo selo K-Ótica, que Marcos Guerra e Rodolfo tem um novo trabalho para tocar (literalmente) pra frente, o possível retorno do Super-Cupim (personagem de Emanoel Amaral que está aguardando que o Deusenhista o apresente para geração deste novo milênio), foi descoberto que Luiz Élson é quem deve ser cobrado para a disponibilização do antigo acervo do GRUPEHQ (agilize as coisas Élson!), que Gilvan Lira está só aguardando o sinal verde de Emanoel Amaral para concluir os Guerreiros das Dunas (trabalho inacabado dos dois autores que levou uns dois anos só de pesquisa) e que o Galego está fazendo estudos para formar sua banda. Durante os agradecimentos Kátia definiu bem o que é o Café Literário Quadrinhos. A sensação que sinto é a mesma realmente é muito bonito ver a evolução deste processo enriquecedor ao longo das atuais 5 edições de evento em 2013.

Os convidados atentos ao mediador Veríssimo

Brum dialogando com Emanoel sobre censura

video
Um projeto para tocar pra frente!

video
Rodolfo Carvalho fala de seus futuros trabalhos

video
Carlos Alberto dá um recado para turma!

video
Emanoel também deixa seu recado para turma!

video
Kátia define bem o que é o Café Literário Quadrinhos

Emanoel Amaral, José Veríssimo, Rodolfo Carvalho e Carlos Alberto (aka Galego)

Ao final do evento o público teve um bom tempo para conversar com os convidados e adquirir os quadrinhos autorais disponibilizados na livraria. Entre estes quadrinhos está o relançamento de Lampião em Mossoró, de Aucides e Emanoel Amaral, reeditada em um novo formato. Fui presenteado com uma edição autografada desta revista que está bem guardadinha aqui comigo. Tirei algumas dúvidas com Emanoel sobre uma HQ que ando fazendo e aproveitei a oportunidade para conversar com outros amigos/artistas que estavam presentes no evento (foi legal ver que o Brum está com a saúde bem melhor e o Leander bem produtivo).

"Do Café Literário Quadrinhos- 5° Edição, levo a certeza absoluta que trabalho num lugar onde as duas coisas mais fundamentais da vida são zeladas: Arte e Amizade! Obrigado a todos pela noite!!!" (Marcos Guerra fala emocionado ao lado de Emanoel Amaral e com a participação especial de Brum! Peraí.. A fala veio depois da foto via face.... Ah vocês entenderam!)

Uma conversa tranquila

Uma conversa K-Ótica

"Ao Amigo Joseniz com amizade Emanoel" 2013

Cara é muito bom ver as coisas legais que estão ocorrendo em relação a quadrinhos este ano e as coisas estão bem intensas neste segundo semestre. O própio Café Literário é um bom exemplo disso! Vamos pensar um pouquinho... Que evento de quadrinhos em Natal teve 5 edições reunindo tantos autores (e contando)? E tudo isso apenas em 2013! Ainda tem coisa mais legal pela frente e com certeza ainda terei outras histórias para contar sobre o Café (que tem melhorado a cada edição!). Namastê!


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...